MATERIAL  POSTADO ASSINADO PELO AUTOR

Hino de Minas (tocado) - por Rene Bellomini

Hino de Minas (cantado) baixar / ouvir

Hino de Minas Gerais .mp3 (2,1 MB)

Histórias ficticias de Rene Aparecido Belluomini

25/07/2012 14:20

Uma história de cachorro

Em uma pequena cidade o povo se via agredido por uma invasão de cães de todas as raças pelas ruas. Os cães famintos procuravam mais os pontos de movimento para encontrarem as migalhas de comida que lhe jogavam no chão ou às vezes depositado em lixeiras. Bem como não são todas as pessoas que...
30/03/2012 11:49

O segredo

  Um casal de trabalhadores prestava serviços em uma fazenda por muitos anos, criara ali os filhos que eram três casais, Maria José e Paulo, Celina e Vander e Maria Aparecida e José.             Viviam muito bem e a alegria reinava...
27/10/2011 14:10

Sô Leriano

Sô Leriano   Sô Leriano, preto véio abençoado Congadeiro de nome afamado Com muitio amor e firmeza O terno dos Marinheiros ele comandava Com seus companheiros, o congo ele cantava Assim o seu terno a todos encantava   Suas rainhas eles buscavam E um verso para todas...
11/10/2011 10:22

Assombração

Assombração Uma lenda antiga usada pelo povo até o meado de alguns anos atrás, quando ainda não existia a tecnologia de hoje. O nome assombração era dado a coisas do outro mundo, em que os pais usavam para segurar seus filhos em casa a noite. Os pais quando viam que seus filhos iam...
27/11/2010 13:37

Professorinha Izabel

Em um lugarejo distante da cidade morava Izabel uma menina filha de um casal muito simples e muito pobre. Izabel desde pequenina já tinha na sua cabeça a vontade de ser professora, quando começou a entender as coisas e mesmo sem ter freqüentado uma escola, Izabel já reunia suas coleguinhas para...
29/07/2010 07:36

Homenagem ao dia dos pais

 Orlando e Lívia, casados pais de dois filhos, Aldo e Neide, viviam em uma pequena cidade em um dos bairros mais pobres, por sinal Orlando, atravessava uma crise muito forte de pobreza, estava desempregado não conseguia ajuda de ninguém, por mais que insistisse. Orlando que era muito...
16/03/2010 08:29

O Jatobá

 Em uma pequena floresta de árvores frondosas ali existentes, as aves e os animais dali moradores, preocupados com o descaso do ser humano que, não dão a mínima para as belezas e os frutos que a terra produz para a nossa sobrevivência e admiração Resolveram fazer uma reu­nião, para discutir o...
16/03/2010 08:26

O Milagre do Amor

 Elza e Mário, um pacato casal que morava em um pequeno Município do interior, pais de Nelson e Nilza, que viviam do trabalho da roça, plantando e colhendo milho, ora apanhando café. Assim, apesar do trabalho duro do campo, a vida lhes transcorria normalmente, até que um dia, Má­rio sofre um...
10/03/2010 10:07

O destino e suas surpresas!

 Neide e Mário eram dois jovens namorados que se ama­vam muito. Namoraram por muito tempo, depois se casaram. Pas­saram a vida feliz, tiveram quatro filhos. Até que um dia, apareceu um homem, com muita lábia, desses que não se importava com nada, e acabou fazendo com que Neide se interessasse...
10/03/2010 10:06

JÁ OUVIU DIZER QUE O CÃO E O MELHOR AMIGO DO HOMEM?

 Sr. Fernandes, casado, pai de Marina, Marlene e Joel, era possuidor de um belo sítio a poucos quilómetros da cidade. Era um homem muito controlado e sistemático. De vez em quando gostava de tirar um dia para descansar, e foi num dia desses que decidiu ir fazer uma pescaria num rio há uns...

Pesquisar no site

 

 Dessa vez vou prestar minha simples homenagem, mas de coração a uma pessoa quase incógnita na sociedade mas que dela faz parte e faz falta .

E essa pessoa que prestou e presta  relevantes trabalhos em prol a nossa comunidade, sempre visando o bem estar dos nossos irmãos assistidos do LAR SÃO VICENTE DE PAULO, os nossos irmãos assistidos pela APAE e NAPE.

Foi a primeira diretora do CENTRO CULTURAL DE PRATÁPOLIS e criadora da frase, "A CULTURA É A FORÇA DE UM POVO".

Onde  seu trabalho sempre primou pela valorização da cultura e desta forma procurou implementar o Centro Cultural com cursos profissionalizantes, na área do ARTESANATO, CURSO DE VIOLÃO E TECLADO entre  outros.

A pessoa que aqui é mencionada trata-se de Dita Arantes, como é popularmente e carinhosamente chamada,  tem um enorme potencial, pois é professora de literatura, curso incompleto de direito romano e ex-produtora de programas radiofônicos na cidade de Franca/SP.

Além do mais faz parte de quase todas as  associações comunitárias de nossa cidade  sempre atendendo a todos com o carisma que lhe é peculiar.

O objetivo desta homenagem ?  No próximo dia 8 (oito) de março é o dia internacional da mulher, e peço que seja portadora do meu respeito, carinho e admiração a todas as mulheres de Pratápolis, as que venceram os obstáculos da vida e ocupam posição de destaque ou aquelas que optaram por serem apenas esposa, mãe, sogra  entre outras ou simplesmente mulher...

O site pratapolis.com parabeniza todas as mulheres de Pratápolis, de Minas Gerais, do Brasil e do mundo aqui representado na figura de Dita Arantes  a nossa querida  "dona Dita" .

 

Carinhosamente, um abraço.

Joel de Abreu

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Desenvolvido por Webnode