Curiosidades 3

16/02/2010 10:53

Você sabia que o aniversário da cidade de Pratápolis era comemorado no dia 31 de dezembro e agora é comemorado no dia 14 de Setembro? No dia 31 de dezembro era comemorado o aniversário de emancipação do distrito de Pratápolis do município de São Sebastião do Paraíso, de acordo com o Decreto-Lei Estadual nº 1.058 de 31 de Dezembro de 1943. E o dia 14 de setembro foi escolhido por ter sido nesta data, no ano de 1891, que o nosso distrito foi criado, de acordo com a Lei Provincial nº 2087 de 24 de dezembro de 1874, confirmada pela lei estadual nº 2 de 14 de setembro de 1891. E oficialmente, esta mudança foi feita em virtude das comemorações de final de ano, já tradicionais, que ofuscavam a data de aniversário da cidade.

 

Você sabia que o futebol de salão foi implantado em Pratápolis pelo Sr. Nitamar Ribeiro Públio, no início dos anos 60? Ele aprendeu as regras do novo esporte em Belo Horizonte e passou aos seus amigos pratapolenses: Reizinho (seu irmão), Zuel Calixto Pedroso e o Wildes Linares, que assimilaram as novas regras e idealizaram o primeiro torneio de futsal com a participação de 4 times da cidade.

 

Você sabia que existem vários DJ’S agitando as noitadas pratapolenses? São eles: DJ Boi, DJ João Roberto, DJ Dungão, Dj Tiago Boy entre outros, e estão antenados com o que existe de mais moderno nas pistas de dança das grandes capitais mundiais.

 

Você sabia que a fanfarra da Escola Estadual Dr. Farid Silva nunca participou de concursos de fanfarras? Na única vez que viajou para Franca a fim de participar de um grande concurso, a ser realizado no campo da francana, o ônibus que transportava parte de seus componentes quebrou, e a fanfarra chegou atrasada ao desfile, perdendo a oportunidade tão esperada de demonstrar a performance que a tornara a maior fanfarra da região. Como ficou demonstrado em um desfile ocorrido no aniversário da cidade de Cássia, em 22 de maio de 1977, quando a fanfarra possuía, então, 112 elementos e estreava o penacho branco e a jaqueta verde, e foi aplaudida de pé por todas as pessoas que lotavam a praça central da cidade, pedindo insistentes bis para seu instrutor, impedindo que outras fanfarras desfilassem também.

 

 

 

Você sabia que no ano de 1955, na época em que o Sr. Renato Públio inaugurou o Cine Brasil, a nossa cidade já possuía um cinema? Era o cinema do Sr. Moisés, localizado na Rua Cel. Neca Lemos, a “Rua de Baixo”, na esquina ao lado do Hotel do Elias. Caso quisessem assistir à sessão sentados, os cinéfilos tinham que levar as cadeiras de casa. Na época da realização de uma eleição municipal, foi feito um showmício e o prédio foi usado para um show das “Irmãs Galvão” que contavam com uma idade de 13 anos (mais ou menos).

 

Você sabia que as primeiras balizas a desfilar junto à fanfarra do Colégio Estadual de Pratápolis foram a Neuzinha Bretas e a Maria Públio?

 

Você sabia que o grande incentivo para se formar a fanfarra do nosso colégio foi dado, quando uma fanfarra de São Sebastião do Paraíso desfilou em nossa cidade no dia 7 de setembro de 1959? Neste desfile, que foi o primeiro ocorrido em nossa cidade, alguns instrumentistas do nosso colégio se juntaram à fanfarra da Escola de Comércio de São Sebastião do Paraíso para abrilhantar ainda mais a parada cívica e todos os alunos do colégio desfilaram pelas ruas da cidade entusiasmada e enfeitada pela novidade histórica. E o sucesso foi tal, que logo começaram campanhas públicas para se arrecadar dinheiro para a formação da nossa própria fanfarra.

 

Você sabia que o Sr. Artur Braga foi o primeiro farmacêutico de nossa cidade? Além disso ele foi parteiro, exercia funções médicas, manipulava remédios e fez o parto de Dona Faride Atié Silva, para o nascimento do Dr. Farid.

 

Você sabia que a instalação elétrica do coreto do Jardim Dr. Farid Silva, o “Jardim de Baixo”, foi feita pelo alemão Frederico Van Ger, que era morador da cidade, e casado com Dona Diná, filha do Sr. Artur Braga?

 

Você sabia que o prédio situado na esquina entre a Rua Artur Bernardes e a Travessa Lemos, bem no coração da nossa cidade, já foi bar (Bar e Companhia), loja de consertos de aparelhos eletroeletrônicos (na época do Sr. Dino), central telefônica (quando a telefônica era particular), cadeia (na época que o Sr. Geraldo Facão era delegado) e agora está sendo reformado para ser um predinho de 3 andares, sendo farmácia no seu primeiro andar e residência nos demais?

 

Você sabia que, entre os anos de 1966 e 1972, nosso colégio estadual era uma potência  educacional? Vinham estudantes, em ônibus, diariamente de Itaú e de Cássia para aulas tanto no 1º quanto no 2º graus. Chegou-se ao ponto de ter uma república de alunos vindos de Delfinópolis, que ficava na Rua Neca Lemos (Rua da Baixo), na esquina com a Travessa Lemos. Alguma famílias chagaram a mudar de Delfinópolis para a Prata para colocar os filhos na escola.

 

Você sabia que em 1966 o Grupo Escolar Coronal Neca Lemos também teve sl-gap blue .5pt;padding:0cm 3.5pt 0cm 3.5pt">

Você sabia que em 1964 teve um torneio de basquete feminino entre quatro times de Pratápolis? O torneio foi realizado nas quadras de terra do Colégio Estadual de Pratápolis com direito a desfile pela cidade para a promoção do evento. O Sr. Renê Belluomini foi o  idealizador da competição, o treinador das quatro equipes e o juiz das partidas.

 

Você sabia que as primeiras fotos do grande acervo de fotografias do Memorial do Centro Cultural foram doadas pelo Sr. Luelcy de Pádua Ribeiro e pelo Sr. Noêmio Xavier da Silveira?

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Desenvolvido por Webnode