Pratapolis contra a dengue

15/02/2011 14:02

 Pratápolis contra a DENGUE

 

Moradores das ruas próximas a Escola Estadual Dr. Farid Silva alegam estarem com problemas que não se resolvem. Suas casas são invadidas a qualquer hora do dia pelo Aedes aegypti, o mosquito da dengue comprovado pelos agentes sanitários locais, que afirmam que o mosquito encontrado é realmente o citado e que só ainda não estão contaminados.

A alegação é que os fundos da escola (quadra de esportes) encontra-se totalmente tomada pelo mato e esse seria o local e causa da proliferação do mosquito.

Reclamações foram levadas a rádio local e um de seus interlocutores disse que isso não iria ao ar porque a diretora da escola Dr. Farid Silva, gasta inclusive de seu bolso para manutenção da escola entre outras coisas ofendendo os reclamantes e claro sem levar a reclamação ao ar. A diretora da escola foi procurada e fez alegações de que ela mesma gasta cerca de R$300,00(trezentos reais) por mês de seu salário para manutenção da escola, que a prefeitura não apóia e que não recebe recursos do estado para efetuar a manutenção além de que a proliferação do mosquito não se dá pela mato nos fundos da escola mas sim pela sujeira.  Orgãos da administração pública foram comunicados tais como secretaria de infraestrura  que alega não serem responsáveis por esse tipo de problema, vigilância sanitária que alega a mesma coisa. Os moradores, segundo eles, agora estarão encaminhando a reclamação ao  Ministério Publico para possíveis providências e ou apuração de responsabilidades quanto ao problema (fotos anexas fornecidas pelos moradores). 

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Desenvolvido por Webnode