Tire todas suas dúvidas sobre a conexão HDMI

16/02/2010 08:43

 

Saiba o que é esse sistema que une transmissão de som e imagem através de um único cabo e veja o que esperar da versão 1.4

É cada vez maior o número de tecnologias que buscam levar alta qualidade de som e imagem até você. As transmissões digitais estão se popularizando e já é possível ter  praticamente um cinema na sala da sua casa. Talvez por isso, muita gente anda confundindo as coisas. TV digital é o mesmo que TV em alta definição?

“Quando a gente fala em TV Digital, nós estamos falando de um sistema muito mais robusto do que o sistema analógico anterior. O que significa isso? As pessoas recebem na casa delas um sinal decodificado de forma digital, onde ela tem uma melhor qualidade de imagem e som. É o que a gente chama de 720,740 p ao som de 5.1 canais. È aquilo que entra na sua casa via antena. Isso é um sinal digital, é uma coisa, que tem resolução HD. Só que uma televisão ela pode ter resolução HD ou resolução Full HD. A televisão Full HD, ela é o dobro de resolução de uma TV normal, que a gente chama de HD. Então quer dizer, existem dois conceitos ai bem diferentes: um é o meio de transmissão que pode ser digital ou analógico e o segundo é quanto essa transmissão tem de resolução”, explica Henrique de Freitas, Gerente Sênior de Vendas e Marketing de Produtos da Samsung.

Uma TV em alta definição não existe sem essa conexão aqui, chamada HDMI. Este é um sistema totalmente digital capaz de fornecer imagens numa qualidade muito superior ao dos sistemas analógicos, e mais: ao invés das 3 conexões diferentes do antigo sistema analógico, o HDMI é capaz de reunir áudio e vídeo em um único cabo, mais fino e prático.

O número de equipamentos com suporte ao HDMI é extenso. Consoles como por exemplo o PlayStation 3 e Xbox 360, leitores de Blu-Ray e de DVD, notebooks, câmeras fotográficas e filmadoras já utilizam o sistema. Por isso, é bom ficar atento na quantidade de entradas HDMI na hora de comprar uma TV. Quanto mais conexões, melhor!

Outro detalhe que é bom ficar de olho, é no valor do cabo. Os preços variam muito, mas será que a qualidade é a mesma?

"O cabo HDM normal, que você compra pelos R$ 30,00 pelos R$ 20,00 ele tem um nível de teste onde ele pode transmitir até uma determinada quantidade de informações. Até ali é garantido o funcionamento completo dele. É o que a gente chama de cabo “Standart”. Agora, tem os cabos especiais, que são os cabos “Hi- Speed”, esses cabos são confeccionados de uma maneira especial e permitem que você consiga passar uma melhor qualidade de informação através desse cabo e eles são totalmente dimensionados de acordo com o tamanho. Então, não é só preço que muda de um para o outro, é também o tamanho do cabo", diz Hernrique de Freitas.

Nem a mais alta tecnologia está alheia a inovações. A versão atual, presente nas casas das pessoas, é chamada 1.3. Mas pesquisadores já falam em uma nova versão, a 1.4. Prevista para chegar ao mercado ainda no primeiro semestre de 2010, o sistema promete

  revolucionar as transmissões digitais e viabilizar definitivamente a tecnologia 3D.

"Esse tipo de conexão permite você fazer a transmissão ou ter no seu televisor, quando ele preparado para isso, ou no seu dispositivo quando ele preparado para isso, pular para aquilo que a gente chama de “Quad Full HD”. Só através da conexão 1.4 isso vai ser possível. O Quad Full HD é resumidamente é o Full HD que a gente tem hoje de 1080 pulando para 4096. Vai ser um forte acelerador do processo de 3D nas televisões digitais, porque através dessa conexão você consegue passar mais informações e ai você viabiliza definitivamente o processo de 3D nas televisões digitais", diz o gerente.

A versão 1.4 deverá literalmente transformar a forma como você assiste televisão. E para acompanhar este assunto, é só ficar ligado aqui no nosso site.

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Desenvolvido por Webnode