O MILAGRE DE SANTA RITA

10/03/2010 10:01

 Tudo começou quando uma família de poder aquisitivo médio, noradores em uma cidade de porte grande com dois filhos já criados, meçaram a ter problemas familiares. O homem Hélio, e ela Maria Rita, endo seus filhos, Joel e Antônio.

Hélio, um homem de uma bondade muito grande, muito apegado ios seus dois filhos, Joel e António.

O tempo passou até que um dia o casal se separou e Maria Rita icabou ficando com a guarda dos filhos.

Joel tudo fez para ver seus filhos bem criados. Mas nem tudo 3 como a gente sonha, e com Joel não foi diferente.

Um dos seus filhos, ó António, resolveu ir embora de casa. lomou rumo e foi embora sem falar com ninguém. Passaram-se dias, neses e anos, sem António dar notícias. O pai, Hélio, cheio de sauda-jes, resolveu procurar o filho António. A única preocupação de Hélio, pois Joel, o filho mais velho, já estava casado e com seus filhos, já não arecisava mais de seus cuidados.

Hélio fez a sua mala, pegou suas economias e foi em busca de seu filho.

Hélio percorreu por varias cidades, e nada de ter nenhuma noticia de seu filho.

Foi ai, quando já desanimado, passando por uma cidadezinha bem pequenina, sentiu o cansaço bater mais forte e parou para des­cansar em uma capela.

Foi tão grande sua surpresa ao olhar para o altar não viu nenhuma imagem. Chegou mais perto, e pode afirmar que não havia imagem naquela humilde capela. Mas ao fixar seus olhos, conseguiu ler o que estava escrito no centro do altar da capela: Santa Rita.

Hélio ficou intrigado com aquilo que via, ajoelhou e rezou pedin­do a Santa Rita que se mostra onde estava seu filho. Hélio rezou muito e prometeu a Santa Rita que faria de tudo para encontrar seu filho. E que quando encontrasse seu filho voltaria para agradecer.

Ao terminar seu pedido e suas orações, Hélio, saiu andando pela cidadezinha, movido por uma força, que nem ele mesmo sabia explicar. Foi quando acabou chegando na porta de uma cadeia, justa­mente no dia de visita. Ao chegar, perto das grades, avistou num canto da cela um rapaz sujo e barbudo. E Hélio reconheceu que aquele era seu filho Antônio'e mais que depressa já foi lhe perguntando: - Porque está preso meu filho? Meu pai, eu estou preso, porque sou suspeito de ter roubado a imagem de Santa Rita da capela. Mas eu juro, estou pagando por uma coisa que não devo. Hélio acreditando na inocência de seu filho procurou um advogado e conseguiu libertá-lo rapidamen­te.

A primeira coisa que Hélio quis fazer foi chamar seu filho para ir até a capela de santa Rita, pois tinham uma promessa a cumprir.

No caminho até a capela, encontraram um homem que trazia em suas mãos uma imagem de santa Rita.

Foi quando Hélio, indagou, porque carregava esta imagem. Este homem, confessou que a meses atrás, roubou aquela imagem da capela e estava arrependido querendo devolve-la.

Hélio, muito feliz por ter encontrado o filho e ver o homem arrependido acompanhou-o até a capela, agradeceu a Santa Rita por ter encontrado seu filho e pediu para que ela a perdoasse.

Foi assim que o milagre aconteceu!

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Desenvolvido por Webnode