MATERIAL  POSTADO ASSINADO PELO AUTOR

Hino de Minas (tocado) - por Rene Bellomini

Hino de Minas (cantado) baixar / ouvir

Hino de Minas Gerais .mp3 (2,1 MB)

Histórias ficticias de Rene Aparecido Belluomini

10/03/2010 10:06

A VIDA TEM DESTAS COISAS

 Em um lugar chamado Catitó, morava um funcionário da Estrada de Ferro que por ali passava: Sr. Mário, com sua esposa Dona lida e mais três lindas filhas, já moças.  Um dia chegou também para trabalhar na ferrovia, um rapaz garboso e muito bem vestido, e que foi logo sendo muito bem...
10/03/2010 10:05

IDAS E VOLTAS

 A nossa historinha fictí­cia de hoje, começa quando uma moça de família muito pobre e pouca instrução fica grávida de um pai desconhecido. Logo que deu a luz ao garotinho, que co­locou o nome de Valdo, ela dei­xou a criança com os avós e foi embora. O garoto foi criado como os avós podiam:...
10/03/2010 10:04

O Milagre da Rosa

 Vamos contar a historia de Luiz, um moço es­belto, simpático e muito popular na cidade. Certo dia, ao passar em frente a casa de Sr. José Tigrão, um jardineiro, que plantava em frente sua casa lindas ro­seiras. E naquele dia, todas estavam floridas com lin­das rosas vermelhas. Luiz ao ver a...
10/03/2010 10:03

COISAS DO DESTINO

Na cidade grande, um rico industrial, casado, com duas filhas Isabel e Neide. Na grande cidade vi­viam tranquilos, com as graças que Deus lhes deu: fortuna e muito lazer. Isabel e Neide já mo­cinhas, começaram a na­morar. Mas, seus pais, sempre interferindo no na­moro das duas filhas. Por serem...
10/03/2010 10:02

O PODER DO AMOR

  (Do que o amor é capaz?)              Coronel Faria e sua esposa Maria, no viver de sua riqueza, tiveram uma filha, muito bonita com o nome de Tereza.  Tereza cresceu e se tornou a mais bela do povoado, próximo a Fazenda de...
10/03/2010 10:01

O MILAGRE DE SANTA RITA

 Tudo começou quando uma família de poder aquisitivo médio, noradores em uma cidade de porte grande com dois filhos já criados, meçaram a ter problemas familiares. O homem Hélio, e ela Maria Rita, endo seus filhos, Joel e Antônio. Hélio, um homem de uma bondade muito grande, muito apegado ios...
10/03/2010 10:00

O PODER DA FÉ

Um dia, uma pobre família em situação financeira muito difí­cil e abalada pela doença, fez que Dona Fia, esposa de Sô Luiz, mãe de três filhos, desesperada pela falta de alimento, vendo seus filhos chorarem de fome, resolveu pedir ajuda. E foi pedir ajuda, justamente para Sr. Manoel. Homem...
10/03/2010 09:59

JESUS E O INVEJOSO

 Certo dia encontrei um senhor de mais ou menos quarenta anos de idade. Este me dirigiu dizendo ser meu amigo e que se não fosse igual a Jesus faltava pouco. Pois tinha aparência igual a de Jesus, usava precatas como a dele, cabelos e barbas idênticas, enfim... Como se não bastasse andava por...
10/03/2010 09:55

UMA HISTORINHA DE NATAL

Izaura era esposa de Nelson. O casal tinha um filho com nome de Nino. Nino era uma criança, que não podia andar, por ser portador de uma doença, que no qual, vivia só em uma cadeira de rodas. Sua mãe Izaura e seu pai Nelson eram muito pobres, vivendo de trabalho incerto, daqui pra li. Vivendo em...
09/03/2010 19:03

LAGRIMAS DE UM VELHO

      Jeremias e Nilza, um casal de comerciantes de uma cidade simples, mas movimentada, pais de dez filhos, era dono de um comércio varejista, de secos e molhados, na cidade. Pais e filhos, os filhos já criados, trabalham juntos naquele comércio. Jeremias, o chefe da casa...

Pesquisar no site

 

 Dessa vez vou prestar minha simples homenagem, mas de coração a uma pessoa quase incógnita na sociedade mas que dela faz parte e faz falta .

E essa pessoa que prestou e presta  relevantes trabalhos em prol a nossa comunidade, sempre visando o bem estar dos nossos irmãos assistidos do LAR SÃO VICENTE DE PAULO, os nossos irmãos assistidos pela APAE e NAPE.

Foi a primeira diretora do CENTRO CULTURAL DE PRATÁPOLIS e criadora da frase, "A CULTURA É A FORÇA DE UM POVO".

Onde  seu trabalho sempre primou pela valorização da cultura e desta forma procurou implementar o Centro Cultural com cursos profissionalizantes, na área do ARTESANATO, CURSO DE VIOLÃO E TECLADO entre  outros.

A pessoa que aqui é mencionada trata-se de Dita Arantes, como é popularmente e carinhosamente chamada,  tem um enorme potencial, pois é professora de literatura, curso incompleto de direito romano e ex-produtora de programas radiofônicos na cidade de Franca/SP.

Além do mais faz parte de quase todas as  associações comunitárias de nossa cidade  sempre atendendo a todos com o carisma que lhe é peculiar.

O objetivo desta homenagem ?  No próximo dia 8 (oito) de março é o dia internacional da mulher, e peço que seja portadora do meu respeito, carinho e admiração a todas as mulheres de Pratápolis, as que venceram os obstáculos da vida e ocupam posição de destaque ou aquelas que optaram por serem apenas esposa, mãe, sogra  entre outras ou simplesmente mulher...

O site pratapolis.com parabeniza todas as mulheres de Pratápolis, de Minas Gerais, do Brasil e do mundo aqui representado na figura de Dita Arantes  a nossa querida  "dona Dita" .

 

Carinhosamente, um abraço.

Joel de Abreu

© 2010 Todos os direitos reservados. No ar desde 01/01/2010

Crie um site grátis

Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!